FITECNEWS

 

5

 bandeira

                                  Sustentabilidade:
                 Consumo de água e o tratamento de água   

 

 

  

 

 homens

Actualmente, a palavra sustentabilidade é amplamente utilizada e aplicada em todos os setores de negócios; assim como na indústria de curtumes. No entanto, o trabalho de sustentabilidade tem sido uma realidade há já muito tempo empregue no sector de curtumes Europeus, porque com a transformação industrial dos couros/peles em couro acabado foi percebido, há algum tempo pelos industriais de curtumes Europeus, que o seu impacto ambiental tinha de ser controlado e reduzido.

As indústrias de curtumes são instaladas próximas de rios e lagos devido à necessidade de água nos processos de produção. A água é o “químico” fundamental do processo de curtimenta, tanto em volumes como em substâncias. Dependendo da localização geográfica da fábrica de curtumes, a água de entrada vai conter diferentes substâncias (húmus, minerais, etc.) em quantidades diferentes, e isto têm um efeito considerável no resultado couro final.
Além da água, o processo de curtimenta também inclui produtos químicos, o que significa que os processos eficazes de tratamento de águas residuais tornaram-se uma necessidade absoluta para as indústrias de curtumes europeus. No Relatório de Sustentabilidade do couro italiano de 2018, que cobre cerca de 60% da indústria de couro da Europa, pode ler-se que o uso de água na produção de couro foi reduzido em 18,4% desde 2003. Além disso, a concentração dos poluentes mais relevantes nas descargas de efluentes também foram reduzidas para quase 0 (redução de 97,4% de CQO e redução de 99,5% de crómio III).
Siga o link abaixo para um exemplo de baixo impacto ambiental após o tratamento de águas residuais numa fábrica de curtumes Sueca.

 

 chromium

Em notícias anteriores, já vimos que a curtimenta é uma actividade intrinsecamente sustentável, pois trata de um subproduto das indústrias de leite e de carne e torna-o numa matéria de longa duração. Isto contribui para a economia circular. Quase toda a matéria de entrada, couros ou peles, podem ser valorizados/transformados em produtos utilizáveis. Nem tudo é couro, é claro, mas os resíduos da produção de couro também podem transformar-se em gelatina ou colagénio, sabão, cola, fertilizantes orgânicos, melhorando o solo, o couro, e outros produtos ou materiais úteis para outras indústrias. 

O setor passou por grandes melhorias ambientais, mas, acima de tudo, os fabricantes de curtumes Europeus conseguiram transformar a sustentabilidade numa vantagem competitiva.
Em comparação com outros materiais para calçados, móveis, bolsas, roupas, interiores de automóveis, o couro destaca-se por sua longevidade e mais beleza ao longo do tempo.
Comprar couro significa investir em sustentabilidade!

Fonte: Euroleather

 

Publicado:                          Editado:                                            Em colaboração com:

 

 6      8            Svenska

                                              

 

 barra fitec

 

____________________________________________________________________________________________

Band UE

 

 

 

                Couro e a mudança climática

 

 

 

 

A indústria de curtumes não é estranha à mentalidade sustentável. Como mencionado em publicações anteriores, o conceito de produção de artigos de couro é baseado na reciclagem de resíduos industriais do sector da alimentação. As peles de animais abatidos são resíduos da produção de carne, necessária para uma dieta equilibrada. Nós não desperdiçamos recursos! Na verdade, a curtimenta é provavelmente a indústria de reciclagem mais eficiente do mundo, já que praticamente todas as peles geradas a nível global são recuperadas e recicladas. Os industriais de curtumes cooperam com estilistas e designers, bem como outras indústrias para tirar o máximo proveito das nossas matérias-primas.

1  2

 De acordo com a Organização das Nações Unidas da Alimentação & Agricultura, 7,2 milhões de toneladas de peles são geradas a cada ano. Sem a curtimenta e a indústria de curtumes elas teriam de ir para aterros sanitários ou incineração produzindo gases de efeitos estufa. 

Ouve-se dizer que a produção de gado também contribui para as emissões. É verdade, mas substituindo a necessidade por têxteis sintéticos ou plásticos, produzidos com petroquímicos insustentáveis, a curtimenta evita esse impacto e gera mais valor agregado, tudo a partir de recursos renováveis.
O couro não é moda rápida! É durável e reparável e torna-se ainda mais bonito à medida que envelhece. Pode-se desfrutar de um produto de couro durante toda a vida e até mesmo passá-los para a descendência.

 3

Analise os substitutos do couro. Eles frequentemente são feitos de polímeros, como o poliuretano ou o PVC, e geralmente têm um forte revestimento à base de petróleo. Já refletiu acerca da poluição dos microplásticos? Estão a ser encontrados plásticos em toda a parte, desde os topos das montanhas até as profundezas do oceano. Eles também demoram significativamente mais para se biodegradarem após serem descartados — algumas centenas de anos, seguramente.
Na Europa, os industriais de curtumes deram um grande passo em direção à sustentabilidade. Eles ainda não alcançaram a poluição zero, mas essa é a ambição. É por isso que, após uma primeira edição bem sucedida em 2012, os industriais de curtumes europeus vão produzir um novo Relatório Social e Ambiental Europeu. Os dados sobre responsabilidade social e desempenho ambiental das fábricas de curtumes estão actualmente a ser recolhidas em toda a Europa. Pretende-se ver até onde se progrediu nesse objectivo!

4

Em suma, os industriais de curtumes Europeus estão continuamente a melhorar os seus processos de produção com tecnologias de ponta, para tornar os seus produtos de couro cada vez mais sustentáveis – porque com a sustentabilidade vem mais eficiência, durabilidade, processos e produtos de alta qualidade.

Assim, pode-se vestir e usar produtos em couro com a consciência tranquila: através da reciclagem e do desenvolvimento sustentável da produção, os industriais de curtumes europeus contribuem para um ambiente mais limpo e mais verde.

 

Fonte: Euroleather

 

Editado:                            Em colaboração com:                       Publicado:

6     7    8  

  

barra fitec

 

 

CTIC adere ao movimento Leather Naturally

LN logoO CTIC foi admitido como membro do Leather Naturally, uma organização internacional de promoção do couro e da sua autenticidade.

Tem como membros empresas de curtumes e produtos químicos, fabricantes de equipamento, comunicação social, associações e entidades de desenvolvimento tecnológico.

O couro está a enfrentar intensa competição de materiais sintéticos, em geral fabricados a partir de derivados petroquímicos não-biodegradáveis, e que pretendem imitá-lo. Ao mesmo tempo, o couro está sujeito a pressões de grupos bem financiados.


A iniciativa Leather Naturally tem como objetivo neutralizar esses ataques, destacar a beleza natural do couro e, mais importante, educar o público comprador, designers e jovens sobre o couro e a indústria do couro.

Neste âmbito, o CTIC terá uma participação ativa em campanhas de promoção e estará atento a situações abusivas do uso da denominação “Couro”.

Mais informação em https://www.leathernaturally.org

Sucesso da EXPOPELE em Alcanena

Decorreu nos dias 11 e 12 de Abril a EXPOPELE by PT Leather InDesign no Museu do Curtume em Alcanena, fruto de uma parceria entre a Câmara Municipal de Alcanena, a APIC – Associação Portuguesa dos Industriais de Curtumes, o CTIC – Centro Tecnológico das Indústrias do Couro e a ACIS – Associação Empresarial de Torres Novas, Entroncamento, Alcanena e Golegã.

Programa Seminário sobre "Substâncias Perigosas" - 23.Abril

capa inscricoes

Por ocasião das comemorações dos 25 anos das 2 instituições, CTIC e da EU-OSHA, vimos divulgar o programa detalhado do Seminário sobre "Substâncias Perigosas" que segue em anexo.

O mesmo irá ocorrer no próximo dia 23 de Abril nas instalações do CTIC em Alcanena, com início às 13h30.

Vimos desde já convidá-lo a reservar lugar e inscrever-se , a inscrição é gratuita mas obrigatória.

Consulte aqui o programa


logo leaman

innolea

leather tec


LN logo


FORMACAO2019

Utilizador

Senha



arbitragem de consumo